Paróquia Bom Jesus

Palavrinha do Pároco!

Domingo de Ramos

 

Meus Queridos filhos e filhas espirituais da Paróquia Bom Jesus.  

 

Que belíssimo texto litúrgico deste Domingo: “Deus exaltou-o soberanamente e outorgou-lhe o Nome que está acima de todos os nomes, para que ao Nome de JESUS se dobre todo joelho no céu, na terra e nos infernos, e toda língua confesse, para a Glória de Deus Pai, que Jesus Cristo é o Senhor.” - Carta de São Paulo aos Filipenses Capítulo 2, Versículos 9 a 11.

 

Nesta semana me cobraram muito meus textos que deviam ser diários segundo sugestão de meus leitores. Solicitaram-me texto a respeito das notícias da TV Globo que abertamente se opõe ao atual Governo Federal ou sobre uma “possível” praga divina, o Coronavírus como manifestação da Ira de Deus. Eu não sei muito bem o que falar a respeito da Rede Globo de Televisão a não ser o básico: “Não merece o meu respeito.” A TV Globo nasceu as 11:00 horas no Rio de Janeiro no dia 26 de Abril de 1965 de propriedade do jornalista Roberto Marinho. Segundo a própria TV Globo nesta semana a edição Vigésima deste tal Big Brother Brasil atingiu o recorde de Um Bilhão e 500 Mil votos no programa para a eliminação de um dos participantes.

 

Se a Empresa Globo tivesse a boa atitude de nesta crise de Coronavírus doar Cestas Básicas a população carente do nosso País, já seria um “milagre” social. Entretanto, esperar este tipo de atitude deste tipo de gente é o mesmo que aguardar a mesma atitude do tipo de gente como os líderes religiosos milionários, pastores midiáticos do nosso Brasil varonil, missionários da Teologia da Prosperidade, com seus lencinhos milagrosos, suas orações de exorcismo e entrevistas com demônios transmitidas ao vivo pela TV, milagres instantâneos, cegos que voltam a enxergar e cadeirantes que saltam de suas cadeiras de rodas a um comando de voz.

 

Aqui está a Palavra de Deus para eles: “Tereis noite e trevas, seus chefes exercem o juízo por gratificação, seus sacerdotes ensinam somente mediante salário, seus profetas vaticinam a preço de dinheiro” - Livro de Miquéias Capítulo 3, Versículos 6 e 11.

 

Quanto as contravenções da Rede Globo de Televisão contra o próprio Deus: “A espada! A espada está afiada e polida. Afiada para o massacre; polida, a ponto de desprender clarões.” Livro de Ezequiel Capítulo 21, Versículos 14 e 15.

 

Mas não quero passar a imagem de Profeta do Apocalipse. Basta a pressão deste período de isolamento que nos coloca num estágio de melancolia que se caracteriza, segundo Freud, o pai da Psicanálise, em termos psíquicos, por um abatimento doloroso, uma espécie de diminuição até da autoestima, exatamente porque nos sentimos aprisionados neste obrigatório distanciamento social. Você sente Medo?

 

Estamos desfrutando de um estágio propício para reflexão, um tempo de Graça para olharmos o próprio coração. Quem olha para fora, sonha! Quem olha para dentro, desperta!!!

 

Mas vamos meditar um pouquinho sobre a Ameaça Coronavírus.

 

Nos primeiros Capítulos das Sagradas Escrituras Deus se arrepende da criação do ser humano. Inclusive o Livro do Gênesis diz que Deus teve o coração ferido de íntima dor. Ainda hoje ouvimos profecias populares: “Deus destruiu o Mundo pela primeira vez com água e agora vai destruir com fogo”. Fogo nos pulmões, pneumonia, fadiga e febre, ausência de ar! Você tem Medo?

 

O respeitado Hospital John Hopkins de Baltimore, nos Estados Unidos revelou ao Mundo que o vírus indecente é uma molécula de proteína coberta por uma camada protetora de gordura que, quando absorvida pelas células da mucosa dos olhos, nariz e boca, altera seu código genético, numa mutação, convertendo-os em células agressoras. Por isto água e sabão ou detergente são as melhores armas para dissolver a camada protetora de lipídios: Lave as mãos! Esfregue bem entre os dedos. Álcool ou qualquer mistura de álcool acima de 65% dissolve qualquer gordura. Dizem que o vírus é uma criação da China para desestabilizar o Mundo.

 

Acredite se quiser neste pobre padre caipira: Wuhan é uma cidade da China com mais de oito milhões de pessoas que entra para a História da Humanidade como o primeiro epicentro do Coronavírus e que agora manifesta preocupação com um novo surto pandêmico.

 

Geograficamente, de Wuhan para Xangai são somente 629 quilômetros. De Wuhan para Pequim são somente 1052 Km. De Wuhan para a Índia são 3575 Km. De Wuhan para o norte da Itália onde está Milão são 8700 Km. De Wuhan para Londres, na Inglaterra são 8880 Km. De Wuhan para Paris são 8900Km. De Wuhan para a Espanha são uns 9830 Km. E para terminar, de Wuhan para New York são longínquos 12000 Km.

 

A Guerra é sempre estúpida: Os ideais são sempre pacíficos, mas a História é violenta.

 

Eis aqui uma questão: Por que houve somente 580 casos de Coronavírus em Pequim e 500 em Xangai? A Organização Mundial da Saúde diz que o baixo número de casos de Coronavírus nestas duas grandes cidades chinesas se deve a uma medida extrema de isolamento social e afirma que o vírus não foi criado em laboratório. Então, Gente Iluminada, está comprovada cientificamente a prevenção por meio de isolamento.

 

Recebi agora há pouco uma mensagem via WhatsApp: “Que os meus medos tenham medo de minha coragem.” Li um artigo psicanalítico excepcional sobre o medo do Coronavírus, de autoria do psicanalista paulista Christian Dunker, professor titular da Universidade de São Paulo e escritor que recebeu o Prêmio Jabuti por suas Obras. DUNKER escreve que podemos distinguir três reações básicas diante da Pandemia: O tolo, o confuso e o desesperado.

 

O tolo desconhece a importância do medo. Desprevenido e desinformado, o tolo vai em busca de culpados. O confuso é aquele que lida com a angústia tentando transformá-la inteiramente em medo real. Ele estoca quilômetros de papel higiênico, anda com tonéis de álcool em gel e saberá tudo que todos os governantes falam, mas também acompanhará todos os boatos. Finalmente, a reação dos desesperados transformará todo o medo, gerado pela indeterminação, em motivo para incremento de angústia.

 

Compare agora a imagem da onda dos nossos medos com as curvas de evolução provável da Covid-19. Será a onda uma curva em pico, no auge da qual teremos recursos para entubar todos os necessitados, ou teremos uma curva baixa e mais longa, derivada de uma certa consciência coletiva de que sim, o perigo existe, e que sim, este perigo nos traz angústia de saber se seremos ou não escolhidos, mas que ainda assim podemos agir sobre o medo, evitando aglomeração urbana, reduzindo contato entre crianças e idosos, e também aprendendo algo sobre nossos próprios fantasmas?

 

O verbo é acalmar-se, e não ser acalmado pelos outros e pelos objetos! Não será seu estoque de máscaras cirúrgicas que vai sanear sua angústia. Acalma a alma. Esta Pandemia tem muito o que nos ensinar, especialmente quanto a nossas ilusões de controle e dominação sobre o Mundo e nosso Destino. Mentira que somos soberanos sobre nossas Vidas Eis que surge este minúsculo micro-organismo com o poder de derrubar o Golias que existe dentro de cada um de nós, que subjuga o Sansão que habita em nossos músculos, ou seja, do ponto de vista de nossa angústia, o Coronavírus não poderia ter um nome melhor: Ele nos tira o trono de nós mesmos e coloca a coroa de nossas vidas em sua justa dimensão. É a coroa de espinhos que convoca uma experiência escassa nos dias de hoje: A Humildade.

 

Diante desta pequena e destrutiva força da natureza, nosso narcisismo se dobra como um súdito encurralado.

 

Apesar de dolorosa como um espinho na alma, esta pode ser uma experiência profundamente transformadora.

 

Descobrir que podemos muito menos do que pensamos, aceitar o imponderável que nos governa e acolher com Humildade o que ainda não dominamos pode ser muito benéfico. Pode ser uma verdadeira terapia!

 

Vou repetir: Pode ser uma verdadeira terapia para aqueles que precisam descansar a cabeça do peso de sua coroa de espinhos narcísicos.

 

A Palavra de Deus para esta Semana Santa:

Livro do Eclesiástico, Capítulo 2, dos Versículos 1 ao 6.

 

Não se desespere, afinal não entendemos para crer, mas cremos para entender!

 

 

 

Com minhas Preces e Benção

Padre Cláudio Dias.